Maxima SP

Korin realiza primeira exportação de frangos orgânicos do Brasil

A Korin Agropecuária protagoniza um fato inédito no Brasil e dá início à primeira exportação de frangos orgânicos da história do País. O primeiro local a receber o frango orgânico, nas versões inteiro e cortes (coxa, sobrecoxa, asa, meio da asa, coxinha da asa e filé de peito) será Hong Kong, um dos maiores importadores de frango do mundo.

O projeto, que começou em 2014, foi concretizado no dia 16 de outubro, com a partida do primeiro container de 8 toneladas do Brasil rumo a Hong Kong.

O segundo container já está programado para sair do País daqui a, aproximadamente, dois meses e já contará com o dobro da tonelagem do primeiro envio.

“O mercado asiático é muito exigente, bem informado e está disposto a pagar um pouco a mais por produtos de qualidade. Lá, já existem marcas de orgânicos, porém a Korin foi procurada por produzir frangos livres de antibióticos, com tradição em certificação de bem-estar animal e por ser embasada na filosofia da Agricultura Natural, preconizada por Mokiti Okada”, explica Reginaldo Morikawa, diretor superintendente da Korin.

A exportação cumpre parte crucial da estratégia da empresa, que visa a expansão da presença da marca e dos produtos em outros mercados, reforçando o plano de crescimento sustentável de suas operações domésticas e adquirindo experiência no exterior.

O produto chega à Hong Kong sob à marca Earth&Barrow, por intermédio da importadora Novant, que negociou com a maior rede de varejo do sudeste asiático, a Park’n’ Shop, que, ao todo, tem mais de 260 lojas somando Hong Kong e Macau. Os frangos orgânicos, com a marca Earth&Barrow e produzidos pela Korin, iniciam suas vendas em 15 lojas, em Hong Kong, e o objetivo da rede é chegar a 40 lojas em seis meses.

Mesmo iniciando este novo desafio, a empresa firma um compromisso com os consumidores, garantindo que a produção para o mercado interno prevalecerá. Prova disso é que a meta estipulada para exportação é de, no máximo 10% de sua produção de frangos orgânicos.

A expectativa da empresa é de crescer na exportação, não só com orgânicos, mas também com o frango livre de antibióticos, visando a mercados que valorizem o produto. “Outros países já demonstraram interesse em importar o nosso frango, mas todos estão ainda em fase de estudos como Peru, Colômbia, Chile, Angola, Japão, Emirados Árabes Unidos e países da Europa”, afirma Morikawa.

 

Sobre a Korin:
A Korin Agropecuária Ltda., com sede na cidade de São Paulo, possui sua unidade produtiva no município de Ipeúna (SP) com capacidade de abate de 20 mil frangos por dia.  Fundada em 1994, a empresa baseia toda a produção na filosofia do pensador japonês Mokiti Okada (1882-1955), que preconizou a Agricultura Natural, método agrícola sustentável que respeita o agricultor, vivifica o solo e não utiliza adubos químicos ou agrotóxicos. Sob o slogan “Sua vida com mais saúde”, a Korin produz e comercializa linhas orgânicas e sustentáveis de origem animal e vegetal como frangos, ovos, carne bovina, arroz, café, mel entre outros. A empresa é pioneira no Brasil na produção de frangos e ovos livres do uso de antibióticos, além de oferecer carne bovina do Pantanal sul-mato-grossense, em parceria com o WWF (World Wide Found for Nature) e a ABPO (Associação Brasileira de Pecuária Orgânica). Toda a produção é realizada por cooperativas e pequenos e médios produtores, incentivando a agricultura familiar e integrando valores ecológicos e sociais para garantir, não apenas a qualidade dos produtos, mas também sua qualidade de origem. Mais informações: www.korin.com.br

Categorias:   Agropecuária, Alimentação, Animais, Gastronomia, Korin, Negócios

Commentários